RUA CASSIMIRO DE ABREU Nº350 - PORTA DO CEU

AQUI A PALAVRA DE DEUS É VIVA

Como ovelhas sem pastor (Mc 6,30-34)

 

Após terem sido enviados em missão, os apóstolos retornam, se reúnem com Jesus, e contam o que fizeram e o que ensinaram. Percebemos neste momento, a intimidade de Jesus com seus apóstolos. E preocupado com eles, pois necessitavam de descanso, Jesus os convida para um lugar deserto, fazer um retiro, para recuperar as forças, precisavam descansar. Muita gente procurava por eles, e não tinham tempo para se alimentar ou descansar. Porém, quando partiram, foram reconhecidos, e pessoas de todos os lugares chegaram ao local onde descansariam antes deles. E vendo aquele povo, Jesus tem compaixão de todos, eram como ovelhas sem pastor, perdidas. Compadecido Jesus ensina muita coisa aquela gente.

Nesta passagem do evangelho, vemos Jesus, humano demais, preocupado com seus discípulos e a sua compaixão pelo povo sofredor.  Assim como os apóstolos de Jesus necessitavam de descanso. Os Missionários de hoje, os agentes de pastoral, nossos padres, os religiosos e religiosas, também necessitam de descanso, de um retiro para fortalecer o espírito, reservar sempre um momento para o nosso encontro pessoal e intimo com Deus. Não podemos nos descuidar também da família, dos nossos relacionamentos, da saúde. É necessário estarmos saudáveis também para as coisas de Deus. E como Jesus, possamos estar atentos às necessidades dos familiares, dos amigos, enfim de todos aqueles que necessitam e precisam de nossa ajuda.

O povo, que parecia ovelhas sem pastor, e que buscava Jesus, era justamente aquele que sofria opressão, marginalização, rejeição religiosa e política. Jesus conquistava a todos, sofria junto com eles, era solidário e compassivo. Jesus acolhia a todos que o buscavam. E isso ele também nos ensina hoje, a acolhermos os que estão como ovelhas sem pastor. A nossa missão é sermos pastores dessas ovelhas. Ovelhas excluídas, rejeitadas, sem amor, sem atenção, que sofrem com a solidão. E quando essas ovelhas buscam ajuda, mesmo estando cansados devemos sim dar a devida atenção, às vezes a necessidade é de uma palavra, um consolo, ou simplesmente de alguém que os ouça. Sigamos os ensinamentos que Cristo nos dá hoje, ter aquele momento de recolhimento para oração, para conversarmos com Deus, alimentar nosso espírito, pedir um coração solidário e semelhando ao Dele, para melhor servir ao próximo, irradiando a compaixão do Pai, levando esperança de uma vida sem sofrimento, sendo dessa forma pastor para os que precisam, pois estamos a serviço do Reino, para isso fomos enviados.

Oração: Ó Pai dai-nos a Graça de levar nossos irmãos no coração, de servir acima de nossas próprias necessidades, confiando que, em Jesus, poderemos descansar e entregar nosso peso para que Ele nos ajude a levar o nosso e o dos outros.